Ray Tracing nas placas AMD é aconselhado para 1440p

Um dos pontos promocionais mais fortes da RTX 3080, uma das novas placas da Nvidia, é o facto de conseguir correr jogos a 60 frames por segundo, com 4K e Ray Tracing. Recentemente foram também anunciadas as novas placas da AMD, as Radeon RX 6000, mas parece que o seu desempenho não será tão impressionante.

Segundo Rick Bergman, da AMD, as Radeon RX 6000 foram desenhadas para jogabilidade a 1440p quando Ray Tracing está ativado, o que sugere um desempenho inferior. Existe, contudo, um pormenor que faz toda a diferença. É que as RTX 3080 consegue 4K/60 frames/Ray Tracing em jogos que suportam DLSS 2.0, que é uma técnica que utiliza inteligência artificial para reconstruir a imagem e poupar imensos recursos.

A AMD de momento não tem nenhuma tecnologia comparável com o DLSS 2.0, mas já estará a trabalhar numa resposta, o FidelityFX Super Resolution. Infelizmente, segundo Rick Bergman, mais novidades a este respeito “só ao longo do próximo ano”.

Por fim, o representante da AMD lembrou que tanto a PlayStation 5, como a Xbox Series X|S, utilizam a tecnologia RDNA 2, a mesma das placas Radeon RX 6000, e garante que isso será uma vantagem para as placas, já que o Ray Tracing para muitos jogos deve ser normalizado para as consolas – e consequentemente a tecnologia RDNA 2.

Ray Tracing nas placas AMD é aconselhado para 1440p
Please follow and like us:
YouTube
YouTube
Instagram